RANKING DA ABES TEM OITO CONCESSÕES PRIVADAS ENTRE AS MELHORES

Um ranking divulgado esta semana (03.10) pela ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) revela que entre 231 municípios pesquisados, todos eles com mais de 100 mil habitantes, a grande maioria ainda está longe de atingir a universalização dos serviços de saneamento básico.

Do total de cidades incluídas no levantamento, 176 (76%) ainda se encontra no que a pesquisa chamou de “primeiros passos para a universalização”. Outras 41 foram classificadas como tendo um “compromisso pela universalização” e apenas 14 municípios atingiram o estágio “rumo à universalização”.

Entre os melhores do ranking estão oito municípios onde existem concessões plena ou parcial dos serviços de água e esgoto à iniciativa privada, o que pode indicar um caminho para que o Brasil consiga ter no saneamento, a médio prazo, índices mais condizentes com a saúde da população. São eles:

  • Niterói/RJ (concessão plena)
  • Araçatuba/SP (concessão plena)
  • Limeira/SP (concessão plena)
  • Votorantim/SP (concessão plena)
  • Jundiaí/SP (concessão parcial de esgoto)
  • Piracicaba/SP (PPP de esgoto)
  • Birigui/SP (concessão parcial de água)
  • São José dos Campos/SP (locação de ativos – esgoto)

Consulte a pesquisa completa em: http://abes-dn.org.br/?p=13228.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please copy the string 9oqqeb to the field below: