ÁREA DO ASSOCIADO

Riscos em empresas de saneamento

Objetivo

O objetivo do curso é tratar o tema gestão de riscos em empresas de serviços de água e esgoto de forma transversal à organização, reforçando o cenário atual e futuro de mudança do clima e aumento de eventos extremos, bem como a ocorrência de acidentes ambientais. A necessidade de adaptação das empresas passa por novos modelos e ferramentas de gestão que reduzam a vulnerabilidade dos sistemas operacionais e aumentem a capacidade de resposta frente a ocorrências, além de garantir a sustentabilidade do negócio.

A quem se destina

O público alvo deste curso são os profissionais de empresas de saneamento que atuam nas diversas áreas correlatas ao tema, como financeira, projetos, operacional, comunicação, sustentabilidade, qualidade e segurança, entre outros.

Programação

9h00-10h00

O impacto das mudanças climáticas em empresas de água e esgoto no Brasil

Marcos Thadeu Abicalil – Banco Mundial

10h00-11h00

Mapeamento de riscos em empresas de água e esgoto

Luis Link – Consultor

11h00-11h15

Intervalo

11h15-12h15

Gestão de riscos x acidentes ambientais e a crise atual: investimento em QSMS

Roberto Roche – Consultor

12h15-13h00

Mitigação de Riscos por meio de Seguros

Roulien Freitas – Corretora Conset

13h00-14h00

Almoço

14h00-15h00

Ferramentas para Gestão de Riscos – Planos de Segurança da Água

Roseane Maria Garcia Lopes de Souza – FSP/USP

15h00-16h00

Plano de Atendimento a Emergência

Roberto Roche – Consultor

16h00-16h15

Intervalo

16h15-18h00

Relatos e Experiências

– Impactos da enchente de 2011 na operação da Águas de Nova Friburgo (RJ)

Alexandre Bianchini – Diretor do Grupo Águas do Brasil

– Impactos do acidente de Mariana (MG) na operação do SAAE Baixo Guandu

Luciano Magalhães – Diretor Geral do SAAE de Baixo Guandu”

Informações

Data 26/10/2016
Carga Horária 8 h
Público Associados
Cidade São Paulo
Certificado Sim

Inscrições Encerradas!

Palestrantes

Marcos Thadeu Abicalil

Especialista Sênior de Água e Saneamento do Banco Mundial. Arquiteto e Urbanista pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi coordenador do Programa Federal de Modernização do Setor de Saneamento e consultor independente nos setores da água, saneamento e desenvolvimento urbano para as instituições públicas, privadas e internacionais. Trabalha em projetos integrados nos setores de água, desenvolvimento territorial e urbano, liderando ou contribuindo em várias operações de investimento e de políticas para os governos federal, estaduais e municipais.

Luiz Carlos Link

Engenheiro Eletricista, pela Universidade Federal de Santa Maria (RS), com pós-graduação pela COPPE da UFRJ e especialização em Engenharia Nuclear pela Universidade de Erlangen – Alemanha. É especialista em planejamento estratégico, administração da mudança, gerenciamento do risco em projetos e gerenciamento de projetos simultâneos. Possui as certificações do Project Management Institute Project Management Professional (PMP) e Risk Management Professional (RMP). É Membro do “Project Management Institute” (PMI) e do comitê de elaboração da NBR 31000 de Riscos. Prestou serviços profissionais para diversas organizações, entre elas Trevisan Consultores, Boeringer Ingelheim, Universidade de Mogi das Cruzes, Hochtief, Shell Brasil S/A, Bayer do Brasil, Hoeschst do Brasil, Odebrecht Infrastrutura, Galvão Engenharia, Serveng, Andrade Gutierrez, Triunfo Engenharia, Camargo Correa.

Roberto Roche

Ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo cargos de direção em QSMS-RS e Sustentabilidade em diversos segmentos da economia por mais de 15 países na América Latina, África, Oriente Médio e Ásia. Atuou em empresas como Imerys ,Odebrecht International ,Queiroz Galvão International e Mars. Possui Ph.D. em pela University of Aberdeen, UK, MBA em Administração de Negócios pela Harvard University, US, Ph.D. em Impactos Ambientais Industriais pela University of California, Los Angeles, Mestrado em Engenharia Química Ambiental pela Texas A&M University, Graduação em Engenharia de Bio Segurança pela Maryland University e graduação em Biologia Marinha e Oceanografia pela UFRJ.

Roulien de Freitas Marques

Engenheiro Elétrico, com experiência de mais de 25 anos em companhias seguradoras como Itaú, AGF, Real e Generali. Foi Gerente de Riscos Sênior da Construtora Camargo Corrêa, com forte experiência em subscrição e gerenciamento de riscos, colocação de riscos no mercado nacional e internacional e acompanhamento da regulação de sinistros nos ramos de Riscos Nomeados e Operacionais, Riscos de Engenharia, Responsabilidade Civil, Riscos Diversos e Riscos de Petróleo.

Roseane Garcia de Souza

Engenheira Sanitarista e Ambiental, especialista em Perícia e Auditoria Ambiental. Atualmente é engenheira do Centro de Vigilância Epidemiológica. Tem experiência na área de Saúde Coletiva e Saúde Ambiental, com ênfase em Vigilância em Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: vigilância da qualidade da água, resíduos de serviços de saúde, vigilância de populações exposta a área contaminada, saneamento, padrão de potabilidade e qualidade da água. Diretora da ABES-SP e coordenadora das Câmaras Técnicas de Saúde Pública e Resíduos Sólidos.

Alexandre Bianchini

Diretor de Operações do Grupo Águas do Brasil. Foi Diretor Presidente da Manaus Ambiental. É Engenheiro Civil pela Universidade Federal Fluminense, possui MBA em Gestão de Negócios pela FGV e pós-graduação em Marketing de Serviços pela ESPM.

Luciano Guimarães

Diretor geral do SAAE Baixo Guandu.

Translate »