ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Prêmio Sustentabilidade escolhe seus finalistas

    11/07/2017

    Cerimônia de premiação aos vencedores acontece no dia 10 de agosto, no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo

    O SINDCON (Sindicato Nacional das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto) divulgou os finalistas do 2º Prêmio Sustentabilidade, que será entregue no dia 10 de agosto, no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, em três categorias: Institucional, Gestão e Técnica. Em cada uma delas, serão conferidos prêmios no valor líquido de R$ 15 mil, R$ 6 mil e R$ 3 mil, respectivamente, para os primeiros, segundos e terceiros lugares. Um total de 61 trabalhos foram inscritos no Prêmio Sustentabilidade deste ano, nas três diferentes categorias.

    O Prêmio Sustentabilidade 2017 tem como objetivo reconhecer os melhores projetos e iniciativas promovidas pelas concessionárias privadas de saneamento, que privilegiam ou buscam promover práticas de sustentabilidade. Tema transversal às organizações, a sustentabilidade é entendida como o equilíbrio ambiental, social e econômico nos processos, projetos e ações que perpassam todas as áreas e níveis da empresa.

    O Prêmio Sustentabilidade considera, ainda, como tema transversal a inovação. Por inovação entende-se a introdução de produtos, processos, métodos ou sistemas não existentes anteriormente ou com alguma característica nova e diferente daquelas até então em vigor. Compreende a implantação de produtos e processos tecnologicamente novos, bem como substanciais melhorias em produtos e processos existentes; introdução de estruturas organizacionais substancialmente modificadas; a implementação de técnicas de gestão, bem como a implementação de orientação estratégica corporativa nova ou substancialmente modificada.

    Além de reconhecer as iniciativas e os profissionais envolvidos, a premiação busca tornar públicos os projetos vencedores perante o setor de saneamento, demonstrando não só a capacidade de gestão, inovação, e transparência da empresa, como também a disponibilidade de cooperação com o setor público, como forma de ampliar a parceria público- privada.

    O Portal Saneamento Básico e o Portal Tratamento de Água participaram desta iniciativa, integrando a equipe de jurados que procederam à análise dos trabalhos apresentados, na Categoria Técnica.

    Além dos portais, integraram o júri instituições como o Instituto Trata Brasil, ABES, Pacto Global, Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Trevisan Escola de Negócios, Faculdade de Tecnologia – Unicamp, Plan Consultoria, Luzio Strategy Group, ARCE, Roda Engenharia, ARES – PCJ, Communità, Fundação Amazonas Sustentável, NG Infra e Consulado Britânico.

    Confira os projetos finalistas!      

                  

    CATEGORIA GESTÃO

    Adesão e recuperação de receita de esgoto

    Águas de Andradina e Águas De Castilho – CAB Ambiental

    Líder: Natalina Ferreira Lopes

    Equipe: Diego Da Silva Mongeroti e Alessandra De Moura Denipotte

    OS Eletrônica – integração de equipes e agilidade nos procedimentos

    Águas de Matão – Aegea Saneamento e Participações

    Líder: Marcos Valério de Araújo

    Equipe: Edineia de Abreu, Bruna Scriboni de Brito, Revellin Ortiz Mariano e Adriana Quitéria Silva

    Reúso de efluente sanitário tratado na manutenção de rede coletora de esgoto

    Serra Ambiental – Aegea Saneamento e Participações

    Líder: Breno Barbosa Polez

    Equipe: Analine Silva De Souza Gomes, Renata Araújo Guimarães, Lucas Do Socorro Ribeiro e Mariana Marquesini

    CATEGORIA INSTITUCIONAL

    Água solidária

    Águas Guariroba – Aegea Saneamento e Participações

    Líder: Willian Carvalho

    Equipe: Diecson Vilela Do Prado

    Integração Empresa-Universidade para Inovação no Saneamento

    Águas Guariroba – Aegea Saneamento e Participações

    Líder: Fernando Henrique Garayo Junior

    Equipe: Fernando Jorge Correa Magalhaes Filho

    Olhar Ambiental

    Grupo Águas do Brasil

    Líder: Nelson Carvalho

    Equipe: Elaine Pestana, Cíntia Oliveira, Felipe Baiba, Fernanda Sousa e Taís Souza

    CATEGORIA TÉCNICA

    Eficiência Energética e Operacional em Sistema de Tratamento de Água

    COMASA – Companhia Águas de Santa Rita – GS Inima Brasil

    Líder: Wagner Rosa Santos

    Equipe: Livia Maria Ottaviano e Ana Julia Pavão

    Reuso de Efluente Tratado na ETE Mogi Mirim

    SESAMM – Serviços de Saneamento de Mogi Mirim – GS Inima Brasil

    Líder: Sirlei Cristiana Brignoli

    Equipe: André Buratin e José Renato Alves

    Saneamento Sustentável – A utilização de Biossistemas e Educação Ambiental em Comunidades de Baixa Renda  

    Águas do Imperador – Grupo Águas do Brasil

    Líder: André Lermontov

    Equipe: Márcio Salles Gomes, Marco Antonio Castro, Michele Guedes Schmid, Fabiano Sutter de Oliveira, Tamires Koga de Carvalho, Vinicius Florencio de Oliveira e Edson Soares

    Compartilhe:
    Translate »