ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Águas do imperador imperador irão tratar esgostos em mais dois distritos de Petrópolis

    26/11/2013

    Em continuidade ao programa de despoluição das bacias hidrográficas da cidade, começam em dezembro, as obras para construção de mais duas estações de tratamento de esgotos nos distritos de Itaipava e Correas.

    A ETE – Estação de Tratamento de Esgoto de Itaipava será construída em um terreno de 8.500 m² ao lado do transbordo de Itaipava, e terá capacidade para tratar 1,8 milhão de litros por dia, dos aproximadamente 8 mil moradores. Além disso vai despoluir o rio Santo Antônio, principal manancial da região, e um dos mais poluídos do município.

    No mesmo terreno será construído um reservatório para 500 mil litros de água, para reforço do abastecimento de Itaipava e a nova agência comercial de Águas do Imperador.

    Em Correas também será iniciada, ainda em novembro, a ETE – Estação de Tratamento de Esgoto de Correas, que vai tratar 1,2 milhões de litros de esgotos por dia e beneficiar 15 mil moradores.

    O programa de despoluição dos rios da cidade conta com três grandes estações de tratamento, as ETEs Palatinato, Quitandinha e Piabanha, a ETE Posse, mais 13 pequenas estações, sete biodigestores e um biossistema, que tratam 80% dos esgotos urbanos. Quando as estações de tratamento de Itaipava, Correas e Nogueira – que serão construídas em 2014 – estiverem operando, o índice de tratamento passará para 85%. Petrópolis é, atualmente, a terceira cidade do Estado do Rio em tratamento de esgotos, de acordo com o ranking do Instituto Trata Brasil.

    Compartilhe:
    Translate »