ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Brasil gasta mal recursos do saneamento, diz estudo da FGV

    01/11/2016

    Já está a disposição o estudo sobre a “Efetividade dos Investimentos do Saneamento no Brasil”, elaborado pelo Centro de Estudos em Regulação e Infraestrutura da FGV, que mostra uma realidade nem um pouco benéfica para o país.

    De acordo com o levantamento, o Brasil gasta mal os recursos aplicados no setor. O estudo mostra que 46% das 851 obras contratadas com recursos do FGTS no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) não foram concluídas, estão paralisadas ou sequer foram iniciadas. A ineficiência da gestão dos recursos, aliada à má qualidade dos projetos de engenharia e a dificuldades na obtenção da titularidade dos terrenos estão entre as razões para um índice tão elevado de contratos em situação inadequada.

    O estudo pode ser acessado em: http://ceri.fgv.br/regulacao-em-numeros/2016/efetividade-dos-investimentos-em-saneamento-no-brasil-da-disponibilidade.

    Compartilhe: