ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • GINCANA GORDURA NÃO CABE NO ESGOTO ARRECADA 6,5 MIL LITROS DE ÓLEO DE COZINHA USADO EM MIRASSOL

    14/12/2016

    Conscientização ambiental. Este é o principal objetivo da gincana Gordura Não Cabe no Esgoto que promove um debate entre os alunos da rede municipal de ensino de Mirassol sobre o quanto é importante o descarte correto do óleo de cozinha usado – já que o hábito de jogar este tipo de óleo na pia ou fazer sabão caseiro prejudica a rede de esgoto e, principalmente, polui o meio ambiente.

    Participaram desta edição da Gincana, cerca de cinco mil alunos das escolas Bartyra de Aquino Noronha, Matiel Pires, Cândido Brasil Estrela, Darcy Amâncio, Lúcia Medina Estrela Olivério e Wilson Paschoal. As salas de aula, que mais arrecadaram óleo de cozinha usado em garrafas PETs, ganharam como prêmio uma sessão de cinema com o filme Trolls. O passeio aconteceu no dia 5 de dezembro.

    Um dos mais empolgados com a sessão de cinema era o garoto Pedro Henrique Guaituline. Ele levou a sério a gincana e mobilizou sua família e amigos para o ajudarem na arrecadação. “Além de colaborar com a preservação do meio ambiente, foi muito legal ir ao cinema com meus amigos da escola”, conta ele que também adorou a mensagem do filme que fala sobre o quanto é preciso acreditar nos seus sonhos.

    A professora Silvana Amadio, da escola Matiel Pires, acompanhou seus alunos do quarto ano durante a sessão de cinema e explicou o quanto este tipo de ação é importante para despertar nas crianças o respeito e cuidado com o meio ambiente. “Dentro da sala de aula, nós trabalhamos com os alunos sobre o quanto o hábito de se jogar óleo de cozinha usado na pia é prejudicial para o meio ambiente e também para a rede de esgoto. Eles se envolveram com a proposta da gincana e se empenharam para arrecadar o maior número de litros de óleo possível, por isso são merecedores deste prêmio”, conta.

    Segundo a gerente operacional da Sanessol, Mirian Sampaio, levar informação para as crianças é primordial para a construção de adultos responsáveis e conscientes. “Sabemos do quanto esses pequenos cidadãos se envolvem com a proposta da gincana e levam esses ensinamentos para dentro de suas casas. O mais importante é mudar hábitos e alertar a todos os envolvidos que um litro de óleo pode poluir até um milhão de litros de água dos rios”, explica.

    Para Nice Dionísio, diretora do Departamento de Educação, essa gincana é muito importante para a conscientização dos alunos sobre o quanto o descarte incorreto do óleo de cozinha pode causar muitos danos para o meio ambiente. “É uma forma divertida e educativa de aprender e espalhar essa informação para os familiares, amigos e vizinhos”, comenta.

    Segundo Ana Beatriz Colêncio, responsável pelas ações de Sustentabilidade da Sanessol, o envolvimento das crianças é fundamental para o sucesso da Gincana. “Os 6,5 mil de litros de óleo arrecadados durante o período da campanha foram coletados e comercializados para reciclagem por uma empresa especializada. A gordura serve de matéria-prima para produção de biocombustível, sabão, tintas e vernizes”, explica.

    Uma parte da renda foi destinada para a viabilização do prêmio e o restante foi revertido para a Vila Vicentina, de Mirassol, que realiza um trabalho social com cerca de 60 idosos. “Essa doação é muito importante para nós. Precisamos sempre de ajuda para oferecer um serviço de qualidade para nossos moradores”, conta o presidente da instituição, Antonio Roberto Ferreira Maia. Quem quiser ajudar, é só ligar no telefone (17) 3242-3445 ou visitar a Vila que fica na rua São Vicente de Paulo, 2590, no bairro Nossa Senhora da Aparecida.

    Compartilhe: