ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Iniciativa privada assume mais uma concessão

    19/06/2015

    Desde o dia 18 de junho, o serviço de água e esgoto de município de Sumaré, no Estado de São Paulo, passou a ser operado por uma concessão privada. A expectativa é que o índice de perda de água seja reduzido, e que 100% do esgoto passe a ser tratado.

    Atualmente, 54% da água tratada de Sumaré se perde antes de chegar ao consumidor. A nova concessionária se comprometeu a diminuir esse índice para 30% nos próximos cinco anos (o índice de perda médio nacional é de 37%). A Odebrecht Ambiental ganhou o processo de concessão do Departamento de Água e Esgotos (DAE) da cidade e será a responsável pelo abastecimento de água e o tratamento de esgoto pelas próximas três décadas.

    Hoje, 93% do esgoto da cidade é coletado, sendo apenas 14% tratado. Por contrato, a nova concessionária deve chegar ao índice de 25% de esgoto tratado em três anos, mas a empresa garante que essa meta será alcançada logo no primeiro ano. Em seis anos, o índice chegará a 75% e em 15, a 100%, graças à recuperação das 14 estações de tratamento de pequeno porte já existentes na cidade. Ao longo do tempo, elas serão substituídas por três novas estações de grande porte.

    Compartilhe: