ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Iniciativa privada se destaca no tratamento de esgoto, maior gargalo do saneamento no Brasil

    27/04/2018

    O Brasil despeja a cada ano 2 milhões de piscinas olímpicas de esgoto in natura no meio ambiente, de acordo com o anuário Panorama da Participação Privada no Saneamento, da ABCON/SINDCON.

    O dado confirma que o tratamento de esgoto é o maior gargalo do saneamento no país: pouco mais da metade do esgoto produzido é coletada, e apenas 44,92% do total é tratado. Mas algumas cidades que contam a gestão da iniciativa privada – ainda minoria entre as operações do setor –, estão começando a mostrar resultados nessa área, após anos de investimento.

    O novo ranking do Instituto Trata Brasil revela que as cidades de Limeira, Jundiaí, Piracicaba e Ribeirão Preto estão entre as melhores do país em atendimento urbano de esgoto. No caso de Limeira, a concessionária privada atua na cidade há mais de 20 anos e é responsável também pelo abastecimento de água. Em Jundiaí, Piracicaba e Ribeirão Preto, a iniciativa privada se encarrega apenas do esgoto, no modelo de concessão parcial ou PPP (parceria público-privado).

    Outras cidades atendidas pela iniciativa privada, como Niterói e Petrópolis, estão perto da universalização dos serviços.

    Compartilhe:
    Translate »