ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Mirante implanta solução ecologicamente sustentável para procedimentos de lavagem de rede e de poços de visita

    10/01/2020

    Destaque nacional em saneamento, Piracicaba tem se destacado positivamente pelos avanços promovidos nos últimos anos no setor. Entre as implementações realizadas, a Mirante tem voltado seu foco ao viés sustentável, em investir em soluções que além de agregar benefícios operacionais, possam contribuir ativamente com a preservação do meio ambiente e dos recursos hídricos. Neste sentido, a concessionária finalizou recentemente, a etapa de testes para a utilização de detergente biodegradável nas operações de campo.

    Inédito no município e nas unidades que compõem a Regional SP, o procedimento testado pela equipe técnica de Serviços da Mirante, surgiu após um levantamento realizado pela área que identificou as principais causas e reincidência das ocorrências de obstrução da rede coletora de esgoto. Deste estudo, chegou-se à conclusão de que 34% dos casos tinham como origem o acúmulo de gordura, o que representa a média de 260 obstruções mensais provenientes deste excesso de resíduo.

    Após o diagnóstico, a equipe passou a buscar uma solução viável que eliminasse a gordura sem causar impactos ao meio ambiente, assegurar o melhor aproveitamento dos recursos hídricos – visto que no procedimento tradicional, grande parte das ocorrências eram solucionadas somente com a intervenção dos caminhões hidrojatos -, bem como prejudicar a qualidade do tratamento do efluente. Entre as propostas estudadas, chegou-se a conclusão de que o detergente biodegradável era uma opção que poderia promover resultados significativos.
    A etapa de testes teve início em janeiro e, desde então, tem apresentados resultados imediatos já na primeira aplicação, removendo toda a gordura dos poços de visita que tiveram o produto utilizados para os procedimentos de limpeza, deixando toda a área de teste limpa, sem qualquer tipo de resíduo.

    Os 14 pontos selecionados para o experimento passaram por um monitoramento quinzenal, a fim de controlar o tempo que levaria para a gordura se acumular no recinto e, somente após sete meses a primeira aplicação, o local voltou a registrar obstrução causada por este tipo de matéria, que antes levava em torno de 40 dias para acontecer novamente. Caso os estudos comprovem a eficácia do produto e permita a realização de lavagem de 14 redes mensais, estima-se a redução de 1000 obstruções até o final do ano.
    Além dos resultados visíveis, a equipe tomou por base também, relatos dos moradores ao entorno dos trechos, que confirmaram a diminuição dos picos de mau odor, provenientes dos extravasamentos.

    Segundo a coordenadora de Serviços, Laís Gomes Pedra, a área tem buscado cada vez mais investir em soluções que além de promover a otimização dos processos operacionais, possibilitem um ganho sustentável.

    “Nosso principal desafio é implementar procedimentos que potencializem a atuação em campo. Neste sentido, os testes demonstraram que com a redução da recorrência dos casos de obstruções, menor será o custo envolvido na operação, assim como o aumento de vida útil dos equipamentos, garantindo assim o bom funcionamento da rede coletora de esgoto. Já para a população os benefícios vão além dos materiais, como a valorização da área, aumento da qualidade de vida e a preservação do meio ambiente, ou seja, os investimentos realizados hoje, vão refletir na saúde e perpetuidade das próximas gerações”, destaca a coordenadora.

    Compartilhe:
    Translate »