ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • O saneamento básico pode ser o novo pré-sal brasileiro?

    04/03/2020

    Na visão da Abdib, a resposta é sim. Nossa convicção está lastreada pela avaliação de gestores de fundos de investimento, nacionais e estrangeiros, bastante interessados em investir nos setores de água e esgoto.

    Novos projetos de investimento privado serão iniciados devem surgir no saneamento básico após a votação da reforma regulatória, projeto de lei 4.162/2019, em curso no Congresso Nacional.

    A demanda por serviços é enorme e a oferta ainda muito restrita. Há inúmeros benefícios para a saúde pública, para o meio ambiente, para a revitalização urbana e para o desenvolvimento econômico.

    O setor investiu em 2019 apenas R$ 14,7 bilhões.

    Mas, segundo as estimativas da Abdib, são necessários investimentos anuais de R$ 30 bilhões pelos próximos dez anos para que o setor caminhe para a universalização, o que pode ser atingido em duas décadas.

    “A reforma legislativa em andamento são é importantes para diminuir o hiato entre o investimento realizado e a necessidade de investimentos”, afirma Venilton Tadini, presidente-executivo da Abdib.

    Fonte: Abdib

    Compartilhe: