Carências do mercado atraem novatas estrangeiras

Postado em 1/jun/2017

A Operação Lava ­Jato, a desvalorização do câmbio e as carências no setor de saneamento atraem novos grupos para investir em concessões, Parcerias Público­ Privadas (PPPs) e contratos de desempenho. No fim de abril, o fundo de investimento canadense Brookfield anunciou a aquisição de 70% da Odebrecht Ambiental por US$ 908 milhões, trazendo o grupo japonês Sumitomo como coinvestidor de 14% da fatia, com investimento estimado em US$ 250 milhões. Os 30% restantes continuam nas mãos do FI­FGTS. No fim de 2015, a Itochu adquiriu 49% da participação da Queiroz Galvão na Águas do Brasil. Outros três grupos nipônicos (Mitsui, Mitsubishi e Marubeni, este último já tem parcerias na área no país, estão de olho em negócios. “As cinco grandes tradings japonesas querem aumentar presença no Brasil”, afirma um advogado. O índice de perdas e eficiência na rede no...

Leia mais

Vereadores, secretários e lideranças comunitárias visitam obras da Estação de Tratamento de Esgoto em Peixoto de Azevedo

Postado em 29/maio/2017

Vereadores, secretários e presidentes de bairro de Peixoto de Azevedo visitaram na última semana as obras de construção da Estação de Tratamento de Esgoto, ETE Rio Peixoto. A estrutura, com capacidade para tratamento de 30 litros de esgoto por segundo, faz parte dos investimentos de mais de R$ 3,5 milhões no sistema de coleta e tratamento de esgoto realizados pela concessionária Águas de Peixoto de Azevedo no município. Durante a visita, que contou com a presença de 24 autoridades locais e da imprensa, os engenheiros responsáveis pela obra explicaram as etapas de construção da ETE. Em funcionamento, a estrutura receberá o esgoto coletado das residências por meio dos mais de 13 mil metros de rede de coleta já construída. De acordo com o engenheiro sanitarista e ambiental da Águas de Peixoto de Azevedo, Lineu Machado, o sistema de coleta...

Leia mais

Com ou sem Temer, PPI de saneamento básico avançará, diz setor

Postado em 25/maio/2017

Os projetos de concessões na área de saneamento, que fazem parte do PPI (Programa de Parceria de Investimentos), deverão avançar com ou sem o presidente Temer, segundo companhias públicas e privadas do setor. A criação de um núcleo específico para o tema dentro do BNDES, em 2016, deverá garantir a continuidade. “É o grande benefício de haver um grupo técnico independente”, afirma Hamilton Amadeo, presidente da Aegea, uma das maiores concessionárias privadas do país. Aderiram ao programa 17 Estados —em 12 deles, foram abertos pregões para contratar os estudos de viabilidade, que serão a base de futuros editais. A previsão de entrega é o início de 2018. “Estamos em fase de modelagem, é um momento em que a instabilidade é aceitável”, diz Roberto Tavares, presidente da Aesbe, que reúne concessionárias públicas. Um possível impacto da crise seria a não...

Leia mais

Secretaria do Meio Ambiente e Ongs realizam neste sábado a 1ª EXPEDIÇÃO BAGUAÇU para traçar um diagnóstico do Ribeirão

Postado em 17/maio/2017

No dia 20 de maio às 08h00, a SAMAR realizará a 1ª Expedição Baguaçu. O projeto nasceu da parceria da SAMAR com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, da Ong Clube da Árvore, de Araçatuba, e da ONG A.G.A (Associação do Grupamento Ambientalista), de Birigui, que – após realizarem encontros para organizar ações de preservação e conscientização sobre a importância do Ribeirão Baguaçu – resolveram criar a Expedição Baguaçu. Cerca de 60 pessoas, entre elas ambientalistas, agentes de Educação Ambiental, Tiro de Guerra, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, alunos do curso de técnico de meio ambiente do SENAC Araçatuba e voluntários, vão percorrer às margens do Ribeirão para traçar um diagnóstico completo das atuais condições do rio e definir ações de preservação, reposição de mata ciliar e conscientização da população do entorno, além de identificação das espécies que compõem...

Leia mais

A reclassificação do Jundiaí mostra que estamos no caminho certo, diz presidente da Agência PCJ

Postado em 12/maio/2017

O dia 24 de abril será uma data lembrada pela gestão de recursos hídricos do Estado de São Paulo, especialmente na Bacia dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, com a consolidação de 33 anos de trabalho, estudo e investimento. O Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CRH), em Reunião Extraordinária no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, aprovou a reclassificação do rio Jundiaí de classe quatro para três no trecho da foz do Córrego Pinheirinho, em Várzea Paulista, até a confluência com o Ribeirão São José, em Itupeva a jusante da cidade; e da foz do Córrego Barnabé, em Indaiatuba, até a foz do Rio Jundiaí no Rio Tietê, em Salto.  O pedido do reenquadramento foi realizado pela cidade de Salto e pela Sabesp, depois que a Companhia Ambiental do Estado (Cetesb) atestou a qualidade da água com condições de ser...

Leia mais

Após investimentos em saneamento, Saquarema recebe etapa do Mundial de Surfe

Postado em 10/maio/2017

Saquarema, no Rio de Janeiro, tem recebido muitos investimentos em seus sistemas de saneamento, a partir da concessionária privada Águas de Juturnaíba. O resultado é que a cidade volta a sediar uma etapa do circuito mundial de surfe, conforme matéria publicada em 9 de maio, pela Folha de S. Paulo: “Em sua quarta etapa, o Circuito Mundial de Surfe terá como palco o “Maracanã do surfe”. Após seis anos de competições na Barra da Tijuca, onde atletas se queixaram da poluição do mar, a etapa brasileira é disputada a partir desta terça­feira (9), em Saquarema (a cerca de 100 km do Rio). As provas serão disputadas a partir das 7h nas praias de Itaúna e Barrinha, quando as condições forem favoráveis ao surfe. No Brasil, Saquarema é considerada a meca do surfe. Descoberta para o esporte na década de...

Leia mais