ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Piracicaba é caso de sucesso em evento de saneamento

    23/09/2019

    A universalização do saneamento no município de Piracicaba foi tema de sucesso apresentado na 4ª edição do evento “Casos de Sucesso em Saneamento Básico”. O evento, promovido pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a consultoria GO Associados, destacou políticas públicas exitosas em saneamento e aspectos regulatórios que contribuem com o avanço dos serviços nesse setor em todo o Brasil. Representado pelo prefeito Barjas Negri, o município compartilhou a sua experiência de sucesso e foi homenageado, juntamente com representantes das cidades de São José do Rio Preto (SP) e Vitória (ES).

    A Parceria Público Privada (PPP) foi destacada como alternativa para ampliação dos índices de saneamento no Brasil. Além de Piracicaba, que optou em 2012 por esse modelo de negócio para os serviços de coleta e tratamento de esgoto, que teve a empresa Mirante vencedora da licitação, as PPPs nas cidade de Serra e Vilha Velha (ES), que são controladas pela Aegea Saneamento, foram citadas como exemplos positivos.

    Segundo estudos divulgados pelo Trata Brasil, tendo referência dados de 2017 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento – SNIS no âmbito da Secretaria Nacional de Saneamento (SNS) do Ministério do Desenvolvimento Regional, quase 100 milhões de brasileiros (52,36%) não têm acesso à coleta de esgoto. De acordo com estudos desse mesmo instituto, considerando o custo médio nacional para se levar água e esgotos às moradias, seriam necessários R$ 317 bilhões em 20 anos – a valores presentes a preços de 2014 – para que todos os brasileiros tivessem acesso aos serviços de água e esgoto, ou seja, investimento anual mínimo de R$ 16 bilhões.

    Piracicaba – caso de sucesso

    Em 2012, quando a Mirante assumiu o esgotamento sanitário de Piracicaba, a cidade ocupava a 20ª posição no Ranking do Saneamento, publicado pelo Instituto Trata Brasil. Já na edição de 2019, Piracicaba ocupa o 8º lugar no ranking geral (considerando índices de atendimento em distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto), subindo 8 posições em relação ao ano anterior. No critério específico de atendimento total de esgoto, Piracicaba, pelo segundo ano consecutivo, é o 1º colocado entre as 100 maiores cidades do País.

    Um dos principais diferenciais que fazem Piracicaba se destacar no setor de saneamento são os grandes investimentos realizados, principalmente, no esgotamento sanitário. Nos últimos sete anos, Mirante investiu mais de R$ 400 milhões (moeda de 2018) na modernização e mudança de concepção de operação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Piracicamirim, da ETE Capim Fino; na construção da ETE Bela Vista, ETE Artemis e ETE Anhumas; na construção de 17 Estações Elevatórias de Esgoto; na implantação de um moderno Centro de Controle Operacional (CCO), que utiliza tecnologia de ponta para monitorar e controlar equipamentos das unidades operacionais.

    Atualmente a infraestrutura do esgotamento sanitário é composta por 56 Estações Elevatórias, 25 Estações de Tratamento de Esgoto (sendo 18 de pequeno porte), mais de 1.400 km de rede de esgoto e atende uma população média de 400 mil habitantes.

    De acordo com o levantamento da empresa Radar PPP, há pelo menos 19 parcerias vigentes para água e esgoto no Brasil, com contratos celebrados desde 2006. A Mirante é a PPP mais bem colocada no Ranking Nacional de Saneamento, ocupando, pelo terceiro ano consecutivo, a primeira colocação no estudo promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) e, por dois anos consecutivos, o primeiro lugar no item de esgotamento sanitário Ranking publicado do Instituto Trata Brasil.

    Compartilhe:
    Translate »