ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Prefeitura de Andradas cancela contrato de concessão com a Copasa

    17/12/2018

    Medida foi tomada após a administração municipal dar um prazo para obras de melhoria na cidade.

    A Prefeitura de Andradas (MG) cancelou o contrato com a Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais), responsável pelo serviço de água e esgoto no município. A medida foi tomada após a administração municipal dar um prazo para obras de melhoria na cidade.

    De acordo com moradores, a falta de água é constante na cidade. Com as reclamações, a prefeitura deu o prazo, mas depois entendeu que a Copasa não fez os investimentos necessários e aí fez o cancelamento.

    A decisão foi publicada em junho deste ano após a prefeitura alegar que houve irregularidades – como a falta de um processo licitatório para a renovação do contrato com o município. A Copasa entrou então com um processo e, no início de agosto, uma liminar suspendeu a anulação do contrato. A prefeitura recorreu e, no final de novembro, o procurador Geraldo de Faria Martins Costa relatou que não há elementos suficientes para que a decisão seja anulada.

    O caso aguarda agora uma decisão do desembargador Wilson Benevides. Se ele decidir manter a validade da decisão municipal, a prefeitura já deve iniciar um processo licitatório para contratar outra empresa para prestar o serviço de água e esgoto na cidade.

    “Se a Copasa quiser vir em uma licitação e participar, ela vai ter que cumprir aquilo que foi estipulado. Não é simplesmente um contrato de seis páginas que tem hoje que não dá nenhuma obrigação para ela a não ser acompanhar o crescimento vegetativo da população, que nem isso ela fez nos últimos 40 anos”, afirma o prefeito Rodrigo Aparecido Lopes (PMDB).

    O prefeito disse ainda que a Copasa deveria ter investido cerca de R$ 20 milhões em melhorias na cidade, mas investiu pouco mais de R$ 1 milhão. O novo contrato prevê uma concessão de 35 anos.

    Procurada pela EPTV Sul de Minas, afiliada da Rede Globo, a Copasa disse, em nota, que nos últimos 40 anos investiu em melhorias no serviço prestado em Andradas e que uma obra no valor de R$ 2 milhões está em andamento na cidade.

    Em relação à falta de água desta semana, empresa disse que o motivo foi uma manutenção numa rede de distribuição, após um vazamento.

    Compartilhe:
    Translate »