ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • RS: PPP do Saneamento avança com ampliação da parceria entre Corsan e Esteio

    30/05/2018

    O termo aditivo ao contrato de programa de água e esgotos entre o município de Esteio e a Corsan foi firmado nesta sexta-feira (25). O documento estende a duração do contrato em 37 anos, viabilizando a implantação da parceria público-privada para universalização do serviço de esgotamento sanitário no município. O ato de assinatura ocorreu na Prefeitura, contando com as presenças do diretor-presidente da Companhia, Flávio Ferreira Presser, e do prefeito Leonardo Pascoal.

    Na oportunidade o presidente da Corsan destacou que a PPP atende ao anseio da comunidade de contar com os serviços de saneamento básico. “Além de promover saúde e qualidade de vida, o projeto assegura o acesso à infraestrutura urbana de coleta e tratamento de esgoto”. Presser ressaltou a transparência do processo, que está seguindo uma série de etapas legais, entre elas a contratualização com os municípios. “Das nove cidades beneficiadas, Esteio está sendo a primeira a firmar esse aditivo ao contrato de programa. Ao darmos esse pontapé inicial, agradecemos o empenho da prefeitura em apoiar a PPP”.

    Conforme o prefeito, Leonardo Pascoal, o evento tratou-se de um “ato histórico”, visto que vai ao encontro do planejamento do município. “A nossa visão de futuro é tornar Esteio uma cidade referência em qualidade de vida e desenvolvimento sustentável. E não existe qualidade de vida sem esgotamento sanitário. Além disso, a PPP também tem o mérito de lançar um olhar mais abrangente sobre a região, envolvendo as outras cidades da Bacia dos Sinos nessa construção com o intuito de despoluir o nosso rio. Esse projeto representa uma alternativa viável para avançarmos na pauta do esgotamento sanitário, que a sociedade tem pressa de ver resolvida”.

    O prefeito também salientou a integração com a companhia e os benefícios trazidos pelo contrato de programa que prevê a criação de um Fundo Municipal de Gestão Compartilhada para destinar parte da arrecadação de água e esgoto na execução de obras de saneamento na cidade. Com investimentos previstos de R$ 265,3 milhões no sistema integrado de Esteio e Sapucaia do Sul, a PPP elevará a coleta e o tratamento de esgotos para 87,3% nas duas cidades em até 11 anos. Em Esteio e Sapucaia do Sul, a PPP deve gerar 3,7 mil empregos e implantar 257 mil metros de redes coletoras, beneficiando cerca de 76 mil imóveis.

    O presidente da Câmara Municipal, Sandro Severo, frisou a parceria entre Corsan e município. “A Companhia está se aproximando cada vez mais da comunidade de Esteio. Nesse sentido, a PPP representa uma grande evolução, pois vai gerar mais eficiência e transparência na gestão dos recursos”.

    Com a PPP, as obras e a operação do esgoto sanitário serão executados com recursos privados durante 35 anos, com investimento de R$ 1,8 bilhão em nove municípios da Região Metropolitana. Também estiveram presentes ao ato autoridades municipais, representantes da comunidade e funcionários da Corsan.

    Compartilhe:
    Translate »