ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Tecnologia utilizada na Mirante desperta interesse de profissionais de saneamento

    11/07/2019

    A tecnologia e os procedimentos implantados no sistema de esgotamento sanitário de Piracicaba têm despertado o interesse de profissionais de diversas áreas e cidades do Brasil.

    O gerenciamento das operações realizado pela Mirante é case de sucesso até mesmo dentro da própria Aegea Saneamento, holding que controla a empresa. Para entender como funciona esse sistema, que tem contribuído para que a cidade seja número um no Ranking da Universalização do Saneamento, promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), um grupo de técnicos, que trabalham na Aegea Saneamento, visitaram a concessionária. A visita integra o Programa de Portas Abertas, criado especificamente para a realização de visitas guiadas. Além de conhecer o Centro de Controle Operacional (CCO), que fica na sede da empresa, o grupo visitou também a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Ponte do Caixão.

    Recepcionados pelos especialistas das áreas de Operações e de Responsabilidade Social, os 12 colaboradores tiveram a oportunidade de acompanhar “in loco” a rotina e a tecnologia implantada no CCO, onde conferiram a logística e estrutura organizacional que permite a gestão e monitoramento dos sistemas à distância e em tempo real.

    Os colaboradores realizaram também um tour na ETE Ponte do Caixão, responsável pelo atendimento de 150 mil habitantes. Eles conheceram todas as etapas de tratamento e conferiram os investimentos que a Parceria Público-Privada (PPP) realizou nos últimos sete anos e potencializaram a eficiência dos processos, contribuindo com o avanço do município frente ao panorama nacional de saneamento.

    De acordo com a coordenadora de Responsabilidade Social, Maria Aparecida Draheim, o Programa de Portas Abertas, é um meio de difusão diferenciado das informações relacionadas às atividades da empresa, disponibilizando ao público a possibilidade de ampliar conhecimentos da área de saneamento em um contexto geral.

    “Apesar deste grupo de estudos estar inserido no setor, nem todos tiveram a oportunidade de conhecer uma estrutura organizacional e de sistema de saneamento, por esse motivo a ação é importante, para facilitar o acesso às informações de forma geral e, desta maneira, ao compreenderem a dinâmica operacional, possam, enfim, atuar em sinergia junto às áreas técnicas”, destaca a coordenadora.

    Compartilhe:
    Translate »