ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Uma Vida Rega a Outra: projeto plantará mudas de butiá em Jaguaruna

    21/06/2018

    A palmeira do butiá é uma espécie de planta típica do Sul do país que possui uma grande história cultural com a região da Amurel. Devido às novas opções de cultivo, o índice do plantio tem diminuído cada vez mais. Por isso, na próxima quinta-feira (21), às 9h30, o projeto “Uma Vida Rega a Outra” será lançado na Estação de Tratamento de Água (ETA) Parque dos Butiás, em Jaguaruna.

    O projeto é um compromisso da Jaguaruna Saneamento (JS), empresa do Grupo Atlantis, firmado na inauguração da ETA Parque dos Butiás em 2017, onde se assumiu o compromisso que a cada nova ligação de água realizada na área da concessão, uma muda de Butiá seria plantada no Parque.

    Durante o evento, cerca de 90 alunos de Escolas Municipais irão plantar aproximadamente 100 mudas de butiá.

    “Futuro Azul” visa série de ações sustentáveis

    “Uma Vida Rega a Outra” faz parte do “Futuro Azul”, projeto de apoio às práticas sustentáveis lançado em 2017 pelo Grupo Atlantis. Desde as décadas de 40 e 50, jaguarunenses utilizam o butiá como forma de sustento. As crinas da folha eram utilizadas para encher colchões e com a fruta era produzida cachaça, suco e doces.

    No ano passado, o projeto “Futuro Azul”, cujo lema é “O amanhã do planeta pensado hoje”, iniciou com a palestra da jornalista Sônia Bridi, que já fez várias reportagens na Rede Globo sobre o meio ambiente, além de ser autora do livro “Diário do Clima”, que relata as suas viagens pelo mundo em busca de respostas para as alterações climáticas.

    “Viva a Lagoa”, lançado em março, também faz parte da série de ações incluídas no projeto “Futuro Azul”. O Programa de Monitoramento da Lagoa da Garopaba do Sul e Barra do Camacho visa tomar medidas eficazes de controle ambiental para minimizar os impactos decorrentes das atividades de construção e futura operação do sistema de esgotamento sanitário na região.

    Compartilhe:
    Translate »