ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Edição 01

    ANO I - DEZ/2014 A MAR/2015

    /

    Editorial

    Alô? É do Sindicato?

    em 21 de Dezembro de 2017

    Ana Lia de Castro
    Diretora Executiva do SINDCON

    30 de janeiro de 2001. Atendo o telefone da ABCON. Do outro lado, Fernando Mangabeira, Diretor da concessionária Águas de Limeira (sua razão social na época) pergunta: “Ana, estou com a guia da contribuição sindical patronal. Devemos pagar amanhã, 31 de janeiro, obrigatório por lei. Quero recolher em nome da ABCON. É possível?”

    Contribuição Sindical Patronal? De sindicato eu conhecia até então o dos metalúrgicos, com o qual tive muitas negociações quando atuava na área de RH em uma multinacional. Aliás, o líder desse sindicato, todos conhecem: ficou famoso na Presidência da República.

    “Mangabeira, vou estudar sua proposta, mas acho que uma associação não pode receber contribuição sindical.” Disse ele: “por isso não, vamos fundar um sindicato”.

    E fundamos, sete meses depois, em agosto de 2001. Após uma complexa rede burocrática junto ao Ministério do Trabalho e Emprego; e em 21 de janeiro de 2002 conseguimos o registro, com representação em sete estados, onde já contávamos com concessionárias privadas. Um feito, pois a média de espera para obter este registro por outros sindicatos era de 24 meses.

    Sindicato é uma fábrica de dinheiro? Sim, pois a contribuição é compulsória pelas leis trabalhistas. Mas será que só a arrecadação importava? Evidentemente, não.

    Hoje o SINDCON é fruto das boas intenções de seus fundadores e do trabalho profissional da equipe da ABCON, responsável por estruturá- -lo, estabelecer princípios, missão, seus valores. Hoje, 13 anos após, estamos solidificados e reconhecidos por nosso segmento, pelo mercado, pelo governo, pela sociedade civil e pela própria ABCON.

    Iniciamos com uma equipe enxuta, fizemos pouco no início (ou muito, dependendo do ponto de vista). E alavancamos em março de 2011 a ampliação nacional, com representação em 27 estados.

    Nossa missão: promover a alta performance de nossas concessionárias, por meio de programas de capacitação, do intercâmbio tecnológico entre associados via comissões temáticas, desenvolvimento de pesquisas, estudos e projetos.

    Tenho orgulho em participar desta jornada ao lado de empresários como Fernando Mangabeira, Mário Amaro, Leonardo Barbirato Jr, Carlos Henrique da Cruz Lima e Giuliano Dragone, presidente a quem rendo homenagem pelo empenho, esforço associativo, vontade de fazer sempre o melhor em prol do setor.

    Rendo homenagem também aos engenheiros, sanitaristas, advogados, sociólogos, psicólogos, administradores, economistas e comunicadores que atuam em torno do SINDCON, acumulando atribuições, além do valioso trabalho em suas empresas.

    A todos, parabéns! Estamos juntos nesta missão.

    Compartilhe: