ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Edição 06

    ANO III - AGO A NOV/2016

    /

    Cidades Saneadas

    Cidades Saneadas: 11 exemplos retratados no Panorama

    em 08 de Agosto de 2016

    Com o tema “Uma realidade ao alcance do Brasil”, o Panorama 2016 trouxe nesta edição uma novidade: o perfil de 11 municípios atendidos pela iniciativa privada no saneamento e que foram considerados “Cidades Saneadas”.

    Araçatuba (SP), Barra do Garças (MT), Campo Grande (MS), Campos (RJ), Guará (SP), Jundiaí (SP), Matão (SP), Niterói (RJ), Primavera do Leste (MT), Ribeirão Preto (SP) e Votorantim (SP) foram retratadas com gráficos, fotos e entrevistas de autoridades, em sua maioria prefeitos, além de depoimentos da comunidade.

    Confira a seguir porque essas cidades mereceram destaque entre as Cidades Saneadas atendidas pela iniciativa privada, e o que dizem aqueles que trabalham nas operações das concessionárias nesses municípios.

     

    Araçatuba

    Com índices próximos da universalização, o município decidiu, a partir do Plano Municipal de Saneamento, que seria necessário contar com a iniciativa privada para que os serviços acompanhassem o desenvolvimento da cidade. O investimento em tecnologia permitiu que a cidade não sofresse os efeitos da crise hídrica.

    “Fiquei muito orgulhoso em ver nossa Araçatuba ser reconhecida pela ABCON como exemplo de saneamento no país. Trabalhamos com muita seriedade, garantindo os investimentos necessários à boa qualidade dos serviços que prestamos, sempre com transparência e respeito aos usuários e ao Meio Ambiente. Somos engajados em provar o quanto a experiência da parceria entre a iniciativa privada e o poder público pode ser positiva para o desenvolvimento dos municípios. Sermos escolhidos como uma das Cidades Saneadas foi uma grande honra para todos nós”. Cláudio Mendes, gerente jurídico da Samar

     

    Barra do Garças

    A entrada da iniciativa privada está permitindo à cidade melhorar seus índices de esgoto tratado. Metas estão sendo antecipadas e a previsão é atingir 90% de tratamento em 2020.

    “Esta colocação demonstra o comprometimento da concessionária em realizar um serviço de qualidade, que reflete na satisfação dos nossos usuários. É muito gratificante fazer parte deste resultado de sucesso!” Clodoaldo Messias Marinho, Operador de ETA da Águas de Barra do Garças

     

    Campo Grande

    É um dos maiores investimentos da iniciativa privada no setor. Em pouco mais de 15 anos, já foram injetados R$ 800 milhões na ampliação do sistema. Isso permitiu que a cidade atingisse a universalização dos serviços de água. Outros R$ 800 milhões serão investidos para universalizar o tratamento de esgoto, que hoje já atinge 80% da cidade.

    “Acreditamos que Campo Grande seja um exemplo de cidade que busca a universalização dos serviços de saneamento da forma correta” José João Fonseca, presidente da Águas Guariroba

     

    Campos dos Goytacazes

    A cidade deve atingir a universalização de água e esgoto em 2019. A presença da iniciativa privada permitiu que a prefeitura, ao delegar a concessão de saneamento, pudesse concentrar investimentos em outras áreas essenciais ao meio ambiente, como a drenagem, a ampliação da coleta seletiva, o recolhimento e o descarte do lixo hospitalar.

    “A publicação da ABCON confirma com vários exemplos, entre eles o nosso município de Campos dos Goytacazes, como a iniciativa privada está correspondendo à confiança da população e dos governantes, avançando o saneamento em pontos tão distintos do país, garantindo e antecipando, em prazos recorde, mais qualidade de vida aos moradores e infraestrutura para comércio, indústria e prestadores de serviço” Juscélio Azevedo, superintendente da Águas do Paraíba

     

    Guará

    Faz parte do seleto grupo de municípios brasileiros que possuem 100% de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto. Essa universalização tem reflexos positivos óbvios como a ótima qualidade da água, a satisfação da população com o serviço e a valorização do custo do serviço de água.

    “O saneamento básico é um grande passo para a qualidade de vida dos munícipes. Fazer parte desta história junto com a concessionária é motivo de satisfação e orgulho. Saber que estamos cuidando do nosso meio ambiente nos faz ter a certeza de que o futuro das próximas gerações estará garantido.” Amanda Teixeira, supervisora de unidade da Águas de Guará

     

    Jundiaí

    Passou a contar com a iniciativa privada no tratamento de esgoto (concessão parcial). Dois anos após o contrato assinado, foi inaugurada uma estação de tratamento que resolveu o problema, e hoje a cidade é referência em saneamento na região (muito procurada por empreendimentos na área industrial, por sua proximidade com São Paulo). A Cetesb sinaliza até que é possível tornar o rio Jundiaí ainda mais limpo e enquadrá-lo em outra categoria.

    “Acreditamos que o sucesso do saneamento no município de Jundiaí é resultado da importância dada a esta matéria no planejamento estratégico municipal nas últimas décadas e da participação competente da iniciativa privada. Temos muito orgulho em atuar neste setor numa cidade onde saneamento é diretamente relacionado à qualidade de vida.” José Augusto Aguiar, coordenador de operação da CSJ

     

    Matão

    A concessionária privada começou a atuar em 2014 e, em 2015, a cidade anunciou a universalização dos serviços de saneamento. A antecipação de projetos permitiu que Matão alcançasse uma situação privilegiada no cenário brasileiro e contribuiu de maneira decisiva para a preservação de seus mananciais e do Aquífero Guarani, que abastece a região.

    “Tenho 18 anos de atuação profissional na área de saneamento básico e, ao longo deste período, trabalhei em 25 cidades. Matão, entretanto, é a primeira cidade que durante a minha estadia alcançou 100% de água e 100% de esgoto coletado e tratado. Como profissional, atingir esta meta me deixa muito orgulhoso e, sobretudo, confiante de que alcançar a universalização é um objetivo possível a outras cidades também” Marcos de Araújo, gerente comercial da Águas de Matão (à direita na foto, ao lado do prefeito de Matão)

     

    Niterói

    O município se tornou emblemático, por estar ao lado do Rio de Janeiro e ter índices muito mais favoráveis do que a capital do estado no saneamento. Recentemente, a concessão privada foi motivo de matéria no New York Times, que retratou Niterói como um exemplo do que poderia ser feito no saneamento para a Olimpíada. Bem diferente de quando a concessão foi definida, há duas décadas, a iniciativa privada assumiu sob um clima de muita desconfiança entre a população.

    “É muito gratificante saber que Niterói foi um dos municípios escolhidos pela ABCON como Cidade Saneada. Sabemos da nossa relevância na sociedade e, por isso, nos empenhamos ao máximo para superar as dificuldades. Buscamos proporcionar aos munícipes uma excelente qualidade de vida. Receber esse título reforça que estamos no caminho certo.” Philippe Araújo, coordenador de operações de Esgoto da Águas de Niterói

     

    Primavera do Leste

    Apesar de ser uma cidade “jovem”, com apenas 30 anos de existência, Primavera está em um processo de crescimento acelerado e já dobrou de tamanho. Com relação ao saneamento, atinge altos índices de distribuição de água (100%) e coleta e tratamento de esgoto (72%).

    “Ter Primavera do Leste como uma das Cidades Saneadas é muito gratificante para toda a equipe, porque mostra o resultado de anos de trabalho e comprometimento. Cada colaborador sabe que está colaborando com o crescimento e o futuro da cidade. Levamos a todos água tratada, qualidade de vida, saúde e desenvolvimento humano.” Tadeu Bezerra, supervisor de operações da Águas de Primavera

     

    Ribeirão Preto

    Foi a pioneira em conceder os serviços de coleta e tratamento de esgoto, em 1995. A concessão foi prorrogada até 2033, graças aos bons resultados. A cidade é considerada uma das melhores do Brasil em saneamento. Prefeitos de outros municípios visitam Ribeirão Preto para entender como funciona a parceria com a iniciativa privada.

    “É com muito orgulho que podemos falar que a Ambient, uma das pioneiras na concessão de serviços privados em saneamento, trabalha com o compromisso de melhorar a qualidade de vida de toda a população do município, e ainda tem como meta a inovação dos seus serviços. Como exemplo, é a primeira estação de tratamento de esgotos de grande porte a gerar energia elétrica por meio do biogás produzido pelo tratamento de efluentes.” Felix Antonio de Moura, Gerente de Operações

     

    Votorantim

    A iniciativa privada viabilizou investimentos que não estavam sendo realizados pela autarquia local. Assim, a prefeitura pôde destinar recursos a outras áreas que também são prioritárias. Ao assumir, a concessionária privada reduziu as tarifas.

    “Para nós, colaboradores de Águas de Votorantim, é uma satisfação e um orgulho muito grande termos Votorantim entre os destaques do Panorama de 2016. Isso nos mostra que estamos no caminho certo e nos estimula a continuar trabalhando com dedicação, seriedade e profissionalismo, atingindo as metas estabelecidas e contribuindo para o desenvolvimento da cidade e a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.” Alex Macedo, superintendente da Águas de Votorantim

     

    Compartilhe: