ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Edição 11

    ANO IV - ABR A JUL/2018

    /

    Setor

    Fórum no Brasil teve recorde de público

    em 27 de Abril de 2018

    Brasileiros e estrangeiros lotam os corredores do 8º Fórum e aprovam o evento

    Durante os sete dias de evento, o 8º Fórum Mundial da Água recebeu, segundo os organizadores, mais de 120 mil pessoas, de 172 países diferentes. Do total, 109,6 mil visitaram a Vila Cidadã e a Feira; e 10,6 mil foram congressistas que participaram das mais de 300 sessões temáticas que aconteceram no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

    A abertura contou com a presença de 12 chefes de Estado, governo e altas autoridades internacionais. Estiveram presentes também representantes de importantes organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas e suas agências, União Europeia, Banco Mundial, BID, CPLP, OCDE entre outros.

    O Fórum teve pela primeira vez a participação do Poder Judiciário, instância a que cabe a decisão final sobre disputas envolvendo os recursos hídricos. Foram 83 juízes, promotores e especialistas de 57 países. Outra frente inédita foi a reunião com membros de ministérios públicos de diversas nações do mundo em torno de temas ligados à proteção dos recursos naturais.

    A Expo e a Feira do 8º Fórum Mundial da Água contaram com 87 expositores, que representaram diferentes setores sociais: pavilhões nacionais, empresas públicas e privadas, organizações e associações da sociedade civil.

    O Fórum ocupou também outros espaços de Brasília, com atividades esportivas e culturais na orla do lago Paranoá e mostra de cinema. No entorno do evento, a Vila Cidadã também foi palco de importantes debates sobre crise hídrica, saneamento e gestão participativa de águas, e abriu sua arena para a participação de grupos de jovens, mulheres, indígenas, organizações não governamentais e comunidades rurais.

    Esta foi a primeira vez que o Fórum Mundial da Água aconteceu no Hemisfério Sul. As sete edições anteriores foram realizadas em Marrakesh (Marrocos, 1997), Haia (Holanda, 2000), Kyoto (Japão, 2003), Cidade do México (México, 2006), Istambul (Turquia, 2009), Marselha (França, 2012) e Gyeongju e Daegu (Coreia do Sul, 2015).

    O próximo Fórum acontecerá em 2021, no Senegal.

    Compartilhe:
    Translate »