ÁREA DO ASSOCIADO

  • Login
  • Edição 15

    ANO VI - OUT/2019

    /

    Capa

    Galeria dos projetos vencedores reúne iniciativas que são referência para o setor

    em 30 de Setembro de 2019

    Realizado a cada dois anos, o Prêmio Sustentabilidade teve início em 2015 por iniciativa do SINDCON, com o objetivo de incentivar a inovação entre as concessionárias privadas de saneamento, além de defender a melhor utilização dos recursos naturais, tecnológicos, humanos e financeiros.

    Veja a seguir uma retrospectiva das edições anteriores da premiação, bem como os projetos vencedores responsáveis por impactar positivamente o saneamento básico e o meio ambiente.

    1º Prêmio Sustentabilidade (2015)

    O prêmio contou com a participação de 44 projetos, sendo 23 inscritos na categoria Técnica, 14 na Institucional e 7 em Gestão.

    Projetos Vencedores:

    Técnica – Programa Água Certa – Águas do Paraíba
    Promover o uso racional da água por meio da redução de perdas de forma consistente e contínua foi o objetivo do programa, implantado nas localidades de Campos dos Goytacazes, São Sebastião e Santo Eduardo, no Rio de Janeiro. Foram colocadas em prática ações como a troca e ampliação do parque de hidrômetros, levantamento de áreas sem rede de abastecimento, fiscalização de fraudes, identificação de vazamentos e melhoria na distribuição de água.

    Institucional – Frota Ideal – Águas de Guará
    O programa consistiu na substituição da frota de veículos por bicicletas. O uso da bike foi estendido para a prestação de serviços de micromedição, inspeções em usuários, verificações de leitura, entrega de notificações, controle de qualidade da água e esgoto, inspeção em poços e reservatórios, corte por falta de pagamento e demais visitas que dispensam ferramentas robustas.

    Gestão – Análise multicritério – Uniáguas
    Ao se ver diante da necessidade de ampliar uma ETE em uma das suas concessões, a empresa aplicou uma metodologia matemática para a solução de problemas complexos. O objetivo da aplicação da metodologia foi a obtenção da “solução de maior compromisso” com todos os stakeholders envolvidos, compilando além dos fatores de capex e opex, aspectos sociais e ambientais.

    2º Prêmio Sustentabilidade (2017)

    O prêmio aumentou significativamente o número de participantes inscritos, totalizando 61 projetos e mais de 150 colaboradores.

    Projetos Vencedores:

    Técnica – Reúso de Efluente Tratado na ETE Mogi Mirim – SESAMM
    A concessionária plantou 2.550 mudas de árvores nativas e acompanhou seu desenvolvimento num período de dois anos. Ao concluir o plantio, o corpo técnico verificou a indisponibilidade de água para a irrigação. Devido às excelentes características do efluente tratado, a equipe técnica projetou e implantou um sistema de reúso do efluente tratado, solucionando dessa forma o problema.

    Institucional – Olhar Ambiental – Grupo Águas do Brasil
    Iniciativa corporativa dotada de ferramentas para a sistematização e gerenciamento das ações de educação ambiental desenvolvidas pela companhia. Alguns exemplos das atividades incluíram visitas às unidades operacionais, exposições, concursos culturais e oficinas, todas com o intuito de construir e difundir valores de sustentabilidade nas cidades onde a empresa atua.

    Gestão – Reúso de Efluente Sanitário Tratado na Manutenção de Rede Coletora de Esgoto – Serra Ambiental
    O projeto realizou a avaliação da viabilidade e os benefícios do reúso de efluente sanitário tratado na manutenção de rede coletora de esgoto em Serra, Espírito Santo, além das atividades de irrigação de grama, processo de tratamento de esgoto e lavagem de pisos, buscando a economia dos recursos naturais e financeiros. Durante o período avaliado, de janeiro a outubro de 2016, o consumo de água tratada diminuiu consideravelmente na estação em estudo. Assim, o sistema se revelou economicamente viável e vantajoso financeiramente.

    Compartilhe:
    Translate »