ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Edição 16

    ANO VI - JAN 2020

    /

    Comunicação

    Por uma boa causa

    em 17 de Fevereiro de 2020

    A página “Saneamento é Saúde” é um bom exemplo de advocacy digital

    A internet e as mídias sociais se tornaram definitivamente um campo decisivo para o debate de ideias. No mundo virtual, histórias são contadas e expostas à interação dos internautas. Para atingir maior audiência e potencializar o alcance dos pensamentos propagados, é preciso ter uma estratégia e um formato apropriado nas redes, com linguagem preferencialmente rápida, direta e provocativa.

    Em resumo: se quiser se comunicar com sucesso nas redes sociais e atrair seguidores, não publique posts sem critério. Há técnicas e planejamento que vão garantir o êxito de suas mensagens – e de suas causas.

    O termo “advocacy digital” se tornou algo comum para associações, empresas e marcas que mantêm relacionamento com públicos diversos nas redes sociais. Advocacy, em essência, é uma estratégia legítima de defesa de uma causa, posicionamento ou proposta que pode assumir contornos políticos e sociais. Assim, o advocacy digital pode ser entendido como a defesa de uma causa nas redes.

    Um exemplo é a página “Saneamento é Saúde”, no Facebook e Twitter. Ela defende que é preciso ampliar os investimentos no saneamento a partir de um novo marco para o setor. Em poucos meses, a causa conquistou milhares de seguidores e se tornou um fórum de disseminação de ideias importante para a discussão da relevância do novo marco.

    É a defesa legítima e necessária, entre a opinião pública, de mudanças em políticas públicas e na legislação que irão beneficiar milhões de brasileiros.

    O essencial do advocacy digital

    Conteúdo: saber qual o discurso adequado para atingir o público desejado é fundamental. Tornar o assunto atraente é outro mandamento a ser seguido. “O importante precisa ser interessante”, acrescenta Kaike Nanne, da empresa Bites, especialista em advocacy digital.

    Identificação: é aspecto crítico de todo advocacy digital. Para se tornarem seguidores e interagir com a página na internet, as pessoas precisam ter a sensação de que aquele espaço de interação foi criado para elas, que se trata de algo relevante para o que elas pensam e defendem.

    Integração: a estratégia de advocacy digital pode combinar diversas ferramentas para atingir o público-alvo – mensagens curtas, vídeos, imagens, links para artigos mais longos, infográficos, entre outros.

    Dados como suporte: o esforço de advocacy digital precisa ser referendado por números, por meio de pesquisas e acompanhamentos constantes da eficácia e da repercussão das mensagens.

    Fidelização: o grande objetivo das ações – conquistar e manter seguidores.

    Compartilhe: