ÁREA DO ASSOCIADO

UM INÉDITO ESTUDO DE PARAMETRIZAÇÃO DE PREÇOS DE OBRAS EM SANEAMENTO

28/11/2017

Engenheiro Álvaro Menezes

Uma das maiores dificuldades para concretizar novos investimentos em saneamento é a precificação dos projetos a serem encaminhados às instituições financeiras para a tomada de recursos que viabilizem a iniciativa. Isso porque não havia, até agora, uma tabela referencial de preços para obras de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, o que reduziria de maneira significativa a análise e aprovação do financiamento.

Essa dificuldade, porém, está prestes a ser contornada, graças a um estudo que acaba de ser concluído pela ABCON/SINDCON. Para falar sobre o assunto, o ABCON/SINDCON News entrevistou o engenheiro Álvaro Menezes, que coordenou os trabalhos que resultaram na chamada “Tabela Referencial de Preços”.

Segundo Alvaro, a tabela foi uma sugestão da ABCON. “O documento abre a possibilidade de as empresas encaminharem mais rapidamente suas propostas e, dessa forma, terem uma avaliação mais rápida por parte dos bancos”, explica. “Digamos que eu determine em meu projeto a construção de uma adutora. A partir da definição do tipo de adução, do material empregado e de sua extensão, é possível aplicar esses indicadores à tabela referencial e ter um valor estimado bem próximo da realidade da obra que será executada. E assim por adiante em outros itens do projeto”, acrescenta.

De acordo com Álvaro, a Caixa Econômica Federal (CEF) já sinalizou positivamente em relação à tabela. A ideia é que aconteça em breve uma consulta pública entre as entidades e empresas do setor de saneamento, seguida da avaliação e aferição de parâmetros por um instituto credenciado. A CEF se comprometeu a apoiar a incorporação do documento ao SINAPI (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil).

Compartilhe: