O Grupo Águas do Brasil recebeu o prêmio TOP 5 Saneamento do Ranking 100 Open Startups 2021, no dia 23 de agosto. O evento foi apresentado ao vivo pelo canal 100 Open Startups, do YouTube. A iniciativa tem como objetivo consagrar e reconhecer as corporações líderes em open innovation com startups, proporcionando e potencializando a inovação do país.

Realizada pelo sexto ano, essa edição atraiu mais de 3.334 corporações e 2.344 startups, além de premiar as TOP 5 corporações em 25 setores do mercado e de apresentar o ranking das TOP 100 Open Corps, organizações que acreditam na colaboração e na cocriação de soluções para os desafios do mercado, sociedade e pessoas. É a principal fonte de coleta de dados do mercado, que ratifica as líderes em open innovation com startups no país e, por um ano, destaca e reconhece o trabalho de colaboração para inovação entre essas corporações e startups.

O Grupo Águas do Brasil ficou em 4° lugar no setor do saneamento, através da inovação aberta com as seguintes startups:

Stattus 4: presta serviço para várias concessionárias do Grupo com o objetivo de melhorar a eficiência da distribuição de água, por meio do combate às perdas.

Biohack: projeto-piloto com intuito avaliar a tecnologia de tratamento do lodo de ETE através da carbonização térmica, em conjunto com a concessionária Águas de Niterói.

Eisenia: execução de projeto-piloto para avaliação de processo biológico de tratamento de esgoto doméstico, através do biotratamento digerido pela Eisenia Foetida (minhocas) e bactérias.

Outro destaque do evento foi a participação do diretor-presidente do Grupo Águas do Brasil, Cláudio Abduche, que ressaltou a importância da empresa em inovar com outras instituições.

“Há mais de 15 anos, focamos em inovação com empresas de potencial crescimento, universidades, startups e centros de pesquisas, pois sabemos que inovar sozinho não existe. Essa premiação é de grande importância para continuarmos inovando dentro do setor, desafiando o ecossistema e trazendo qualidade, benefício e eficiência para toda a população que atendemos”, afirma Abduche.

O superintendente de Pesquisa e Tecnologia, André Lermontov, destaca que a inovação sempre esteve no radar do Grupo.

“O setor de Pesquisa e Tecnologia já existe há aproximadamente 15 anos com o propósito buscar novas tecnologias que aprimoram nossas operações. Durante esse período, algumas empresas pequenas desenvolveram conosco projetos em parceria, que proporcionaram em tecnologias inovadoras e, hoje, são referências no setor do saneamento”, explica Lermontov.

O analista de Pesquisa e Tecnologia, Lucas Rachid, afirma que a conexão entre a experiência e o conhecimento do Grupo Águas do Brasil, junto com as novas ideias das startups, proporcionam o desenvolvimento de tecnologias.

“Acredito que esse vínculo potencializa a criação e desenvolvimento de soluções inovadoras, agregando ao setor de saneamento como um todo e beneficiando a sociedade”, finaliza Rachid.

Clique aqui para acessar o evento na íntegra.

Clique aqui para conhecer as concorrentes.