Os investimentos realizados pela Mirante, nos últimos 10 anos, permitiram que o município de Piracicaba se tornasse um exemplo em saneamento.  

Enquanto o país registra aumento nas internações por doenças de veiculação hídrica, Piracicaba declina nos números de internação por doenças diarreicas.  

A taxa de queda é de 92% nos últimos anos, segundo dados do Datasus, portal do Ministério da Saúde, que acompanha os registros de internações, óbitos e outras ocorrências relacionadas à saúde da população brasileira. 

 

Atuação da Mirante em Piracicaba

 

Em Piracicaba, a concessionária mudou a realidade da população. Foram executados investimentos em obras que garantiram a universalização do saneamento.  

Os resultados são positivos quando comparados ao cenário nacional e às cidades que seguiram o mesmo caminho. Segundo estudo da FGV – Fundação Getúlio Vargas, os dados são positivos, como mostra o quadro: 

Qualidade da Água e dos Serviços Prestados

 

Estudos apontam que metade da população brasileira não têm acesso à rede de esgoto. Aproximadamente 35 milhões não possui água potável e mais da metade do esgoto coletado não é tratado. 

Segundo apontamento no editorial “Liberdade ainda que tardia no saneamento” do jornal O Estado de São Paulo, de 07 de maio, mostra que, diariamente, mais de 40 pessoas morrem pela precariedade (e falta) de saneamento básico.  

E nisso, quase 1.000 são internadas por doenças ligadas ao problema, como diarreia ou febre tifoide.  

 

Desafios para alcançar a universalização do saneamento

 

Aproximadamente 40% da água tratada é desperdiçada. Todos os dias são despejadas mais de 1.000 piscinas olímpicas com dejetos nas águas brasileiras. 

Para cada R$ 1,00 investido em saneamento básico, é gerado um retorno de até R$ 4,00 por meio de trabalho, valorização imobiliária, turismo e economia com a saúde pública. 

Ainda conforme dados da FGV, as pessoas que ainda não possuem acesso à universalização, sofrem com a realidade que vivem. 

Mirante engaja socialmente em Piracicaba

 

Além de garantir um direito universal à população piracicabana, a Mirante, através da área de Responsabilidade Social, atua, ao longo desses 10 anos, com o propósito de manter a conexão com a população. 

A empresa busca deixar um legado de desenvolvimento para o município. Os projetos e programas desenvolvidos fortalecem o diálogo com lideranças comunitárias.  

Além disso, ampliam conhecimentos relacionados à educação sanitária e ambiental, e incentivam o engajamento dos colaboradores da concessionária em ações de voluntariado.  

Essa relação gera maior interação e pertencimento com todo o território, principalmente com a população vulnerável. 

 

Ações de Desenvolvimento Sustentável

 

A Mirante caminha com a agenda 2030, que estabelece um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade.  

São 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS, e 169 metas, para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos.  

As ações acontecem por meio da cultura de cuidado e responsabilidade com a água, que será disponibilizada de forma segura. O intuito é acabar com os desperdícios e estimular o uso racional desse bem finito e vital para a vida.  

Ainda, trabalha empreendendo esforços frente aos ODS publicados pela ONU, especificamente o objetivo 6, que versa sobre “Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos”.