A SESAMM – Serviços de Saneamento de Mogi Mirim, do grupo GS Inima Brasil, amplia o tratamento de esgoto de 83% para 95% dos habitantes através da ETE de Mogi Mirim. 

O prefeito de Mogi Mirim, Paulo Oliveira e Silva inaugurou esta manhã mais um módulo na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Mogi Mirim 

Essa é mais uma etapa de crescimento da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), promovendo o tratamento mais amplo dos efluentes domésticos para a população do município. 

  

A ampliação da ETE de Mogi Mirim 

 

Para o prefeito Paulo Oliveira e Silva, este é um momento festivo para Mogi Mirim.  “Uma cidade do nosso porte ter 95% dos esgotos tratados demonstra que, antes de tudo, ela cuida do meio ambiente e investe no desenvolvimento social”, disse. 

O prefeito aproveitou para anunciar a antecipação da quarta etapa de expansão da ETE Mogi Mirim, prevista para 2031.  

“Dessa maneira, chegaremos antes à universalização dos serviços de esgotamento sanitário, colocando Mogi Mirim no ranking das cidades mais bem saneadas do Brasil”. 

 

As autoridades presentes no evento 

 

A cerimônia contou com a presença de Paulo Roberto Oliveira, CEO da GS Inima Brasil, Paulo Tarso de Souza, presidente do SAAE Mogi Mirim. 

Estiveram presentes, também, Fred Guidoni, secretário Executivo de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Gilson Santos de Mendonça, superintendente regional da Sabesp. 

O diretor-presidente da SESAMM, Carlos Roberto Ferreira, marcou presença neste momento tão importante para a cidade e população de Mogi Mirim. 

 

Serviços prestados pela SESAMM 

 

A SESAMM – Serviços de Saneamento de Mogi Mirim, é a empresa brasileira de saneamento responsável pela implantação e operação da ETE Mogi Mirim.  

Mais de R$ 30 milhões foram investidos em 2022. A SESAMM entrega neste ano, a terceira etapa da expansão do sistema de esgotamento sanitário. 

A construção da unidade de tratamento preliminar possui capacidade de processar 150 litros de efluentes por segundo (totalizando a vazão prevista para o fim do contrato), um reator biológico, um decantador secundário e mais uma centrífuga. 

Esses recursos deram a ETE de Mogi Mirim a capacidade de elevar a vazão do efluente tratado para 225 l/s. 

  

Sobre a SESAMM 

 

A empresa foi criada em 2008 para operar os serviços de esgoto de Mogi Mirim por 30 anos. 

A SESAMM – Serviços de Saneamento de Mogi Mirim é controlada pela GS Inima Brasil, SABESP e ECS. A SESAMM também é responsável pela complementação da implantação do sistema de afastamento de esgotos, implantação e operação do tratamento dos efluentes. 

Em 2019, a concessionária foi a primeira empresa brasileira de saneamento a investir na geração de energia solar, por meio de placas fotovoltaicas, para complementar o consumo de energia de sua ETE.  

Hoje, essa energia limpa e renovável responde por 30% da energia consumida na operação da unidade.