A empresa Águas de Potim, do grupo Terracom Saneamento, recentemente firmou um contrato de concessão com a cidade de Potim. O intuito é executar o repasse dos serviços de água e esgoto. 

O contrato foi assinado em 14 de junho deste ano e possui duração de 35 anos. Nesse período, serão alcançadas as metas estabelecidas pelo Novo Marco Legal do Saneamento 

 

Potim recebe investimentos no saneamento

 

A Terracom Saneamento prevê investimentos de R$ 27 milhões para Potim, sendo aproximadamente R$ 15 milhões nos primeiros cinco anos de operação. 

Segundo a prefeita da cidade, Erica Soler, a expectativa é de que, com a entrada da empresa Águas de Potim, os problemas de água e esgoto da cidade sejam resolvidos. 

A prefeita destaca que o momento representa um grande avanço para a história do município. 

 

Águas de Potim: avanços em diversos setores da cidade 

 

A empresa Águas de Potim finalmente será beneficiada pelos serviços da iniciativa privada. Segundo Fernando Evanyr, diretor de novos negócios da Terracom, a cada concessão, um novo desafio.  

“A empresa acredita na possibilidade de transformar a realidade das cidades através dos serviços de saneamento básico”, afirma.  

Em Potim não será diferente, Fernando acredita que daqui a alguns anos os avanços serão notados nas mais diversas áreas por conta do trabalho da concessionária. 

 

Serviços de esgotamento 

 

Estima-se que até 2027, 99% da cidade tenha acesso a água potável, coleta, afastamento e tratamento de esgoto. Hoje, todo o esgoto coletado é descartado sem tratamento no Rio Paraíba. 

A transição dos serviços entre a municipalidade e a concessionária deverá acontecer em até 90 dias a contar da assinatura do contrato, como explica Antônio Celso Paiva, diretor operacional da Terracom Saneamento.  

“Neste período estaremos acompanhando a rotina do sistema, importando os dados de cada cliente, treinando o nosso time e principalmente fazer o necessário para o sucesso da nossa operação”, disse Antônio. 

O Grupo Terracom Saneamento está presente em diversas cidades do Interior Paulista. Agora, a iniciativa privada do saneamento está cada vez mais presente em diferentes regiões do Brasil.